LOCALIZAÇÃO

AV. FREI FLORENTINO, 122, CENTRO
MUZAMBINHO - MG
João & Maria Hotel Muzambinho - MG

CONTATO

(35) 3571 - 1952
joaoemariahotel@hotmail.com

João e Maria Hotel

Em meados do Século XX, João conheceu Maria ainda jovens, enquanto ainda moravam na roça. Seus pais mantinham negócios e sempre que João via Maria achava-a uma mulher faceira, trabalhadora e linda. Os dois se apaixonaram até que um dia resolveram se casar. O casal tinha uma casa na zona rural de Muzambinho, onde trabalharam duro para criar seus seis filhos. Mesmo sendo analfabetos, fizeram questão de colocar suas quatro garotas e dois garotos na escola para estudarem e ter uma vida diferente da deles. A vida no campo não era fácil, e na época eles tinham que trabalhar duro para dar o que comer aos filhos. O Sr. João já não aguentava e não queria mais ver a sua querida Lia se matando de trabalhar com serviços pesados na roça e por isso resolveram vender a propriedade e se mudar com os filhos para a cidade. Compraram uma pequena casa perto da rodoviária, e lá não pararam de trabalhar. Montaram uma pensão para abrigar os viajantes que por ali passavam. As condições financeiras da época continuavam difíceis, mas o Sr. João e a Dona Maria nunca negaram ajuda ao próximo, e muitas vezes abrigavam as pessoas que não tinham condições de pagar pela pernoite. Muitos hóspedes antigos contam que chegaram em Muzambinho sem dinheiro e lugar para passar a noite, e ao chegar no hotel da dona Maria, o casal os acolheu dizendo para não se preocupar com o dinheiro, que um dia, quando pudessem, eles pagariam. Os dois sempre diziam que fazer o bem ao próximo, além de satisfatório, era um gesto abençoado. E assim, criaram os filhos, com muita garra, amor e carinho. Dessa forma, foram aos poucos construindo e ampliando o hotel, que passou a se chamar Hotel J.T. Ltda (João Tristão).

Os filhos cresceram seguindo o exemplo dos pais: dona Maria, a mulher trabalhadora e guerreira, que lhes ensinou todo o tipo de trabalho doméstico, desde trabalhos relacionados à limpeza de casa, até trabalhos de conserto em rede elétrica e hidráulica; já o sr. João lhes ensinou o dom da paciência e do amor ao próximo, do carinho e do zelo para com a família. Os filhos cresceram, casaram e deram ao casal vários netos. O orgulho dos dois era reunir a família no domingo para o almoço, incluindo seus 13 netos que bagunçavam o hotel todo. O casal mimou, amou e cuidou de cada um dos netos como se fossem seus filhos. O Sr. João vivia a danar com os pequenos por causa da correria no hotel, para que as crianças não se machucassem. Já os netos, sempre tiveram uma relação de respeito, carinho e admiração pelos avós. O tempo passou e os netos tiveram bisnetos: 8 no total. E por fim, um tataraneto.

A velhice não foi fácil para ambos, mas os problemas nunca abalaram os dois que continuaram juntos, firmes e fortes até o fim. A fé do casal era inabalável, e mesmo nos seus piores momentos de vida, nunca questionaram os planos divinos. O Sr. João Tristão era um homem iluminado e dotado de uma enorme paciência, carinho e zelo com sua Lia e toda a família. Já a dona Maria Bueno, sempre guerreira e firme, apesar de teimosa, tinha o coração maior que o mundo. O dois servem de inspiração para todos nós que os conhecemos: um casal de lavradores, analfabetos, que conseguiu mudar de vida e cativar a todos a sua volta. Nunca ouviu-se falar de alguém que tenha tido alguma desavença com eles. Uma vez quando perguntada se algum dia se desentendera com alguém, dona Maria respondeu que não, pois não havia coisa melhor na vida do que viver em paz com todos e sem mágoa no coração.

É a esse casal que fazemos essa homenagem ao colocarmos em nosso hotel o nome de Hotel João & Maria, na esperança de perpetuar as lembranças que ficaram em nós e torná-los presentes em nossas vidas diariamente.